Companheiro

SOBRE OS LIVROS

Depois da recente obra, FLORAIS DE BACH NO RESGATE DA AUTOESTIMA, mais um livro foi editado, NUMEROLOGIA CÁRMICA NO 3º MILÊNIO. Ambos estão à venda na loja virtual da Editora PerSe 2.0. Veja as sinopses nos banners ao lado...

Anny Luz

Este blog é neutro em carbono.

sábado, 21 de abril de 2012

- MENSAGENS SUBLIMINARES

O que são mensagens subliminares e como atingem o nosso inconsciente.

Quando se fala no “poder do subconsciente” lembramos logo daqueles primeiros livros de autoajuda, que surgiram na década de 70 e que foram totalmente ridicularizados, porque se dizia não terem base científica e nem eram considerados literatura. Hoje, as ciências humanas e a física quântica estão aí para desmistificar isso e provar o quanto é sério esse assunto. Tanto do lado positivo quanto do negativo.


Há muito que se fala em mensagens subliminares e lavagem cerebral, mas percebi que a maioria das pessoas, não leva isso à sério e nem tem muito interesse, talvez por não entenderem bem o que realmente significa e a importância disso na vida de cada um de nós.


Em entrevista à Globo News, o jornalista Sérgio Faraco, contou a sua experiência de quando esteve na antiga União Soviética, na década de 60. Comunista de carteirinha, na época, cheio de ideais ativistas foi parar numa comuna em Moscou. Logo nos primeiros dias, depois de instalado, começou a sentir-se incomodado por um rádio que havia em seu quarto e que transmitia dia e noite as notícias e as ordens de comando do Partido. Examinou o tal rádio, tentando desligar e descobriu que só havia um botão, que era para abaixar ou levantar o volume. Mesmo baixinho, o som continuava indefinidamente, com a finalidade óbvia de penetrar no inconsciente, transformando o indivíduo num robô, escravizado e fanático. Quando percebeu isso ficou tão indignado que quebrou o rádio contra a parede. Isso bastou para que fosse dado como louco e internado num sanatório, onde foi dopado, e por aí segue a sua história, cujo desfecho não vem ao caso aqui... Pois o objetivo é analisar apenas o papel do malfadado rádio naquele contexto.

Desde o início do séc. passado, antes mesmo das descobertas de Freud, já existiam pesquisas, totalmente secretas em vários países, sobre o que tanto negavam e menosprezavam: O poder do subconsciente.
Foram feitos muitos testes, e, apesar do caráter sigiloso, houve um, que ficou bem conhecido, na época, que foi o teste da pipoca.
Em frente a um cinema, um pipoqueiro vendia sempre mais ou menos a mesma quantidade de pacotes de pipoca na saída do cinema, que correspondia de 10 a 15% da lotação do cinema. A pesquisa realizada foi: Durante um filme de suspense, em meio a cenas eletrizantes de ação e emoção, colocaram um pequeno letreiro na parte inferior da tela, com a ordem: Coma Pipoca! O letreiro aparecia a cada 10 minutos e era praticamente imperceptível para a mente consciente dos que estavam emocionados e empolgados com o desenrolar do filme.  Resultado da pesquisa: Na saída, mais de 90% da lotação do cinema queria comprar pipoca. Ninguém entendeu o porquê e o pipoqueiro ficou quase maluco... Parece piada, mas é assim que funciona o nosso inconsciente, ao receber uma mensagem subliminar. Ele age à revelia da nossa vontade consciente e faz acontecer.

Como funciona: A mente racional só se concentra numa coisa de cada vez, nesse caso, o filme, mas o inconsciente, ao contrário, absorve e incorpora, literalmente tudo o que estiver no ambiente, por mais imperceptível que seja para a mente consciente. Portanto, o letreiro, apesar de nem ter sido percebido pela mente, foi direto ao inconsciente, que também é “expert” em cumprir as ordens recebidas, exatamente como um robô. Mas o nosso robô interno, só executa as ordens que são repetidas à exaustão. Ainda bem, senão, seríamos todos mais loucos do que já somos.  Então, se a ordem foi, Coma Pipoca!..repetida a cada 10 minutos, durante duas horas, o robô vai levar o seu dono a comer pipoca, de qualquer maneira.
Sabe aquela velha frase, não sei porque eu fiz isso?...
Percebem aonde mora o perigo? E percebem também o nosso poder, se essas ordens fossem canalizadas para conseguirmos os nossos objetivos em vez de realizar os objetivos dos outros?

Essa é uma técnica simples e poderosa usada até hoje nos meios de comunicação e nos anúncios da maioria dos produtos que consumimos, muitas vezes sem nem saber por que. Os poderosos do planeta, que são bastante vivos, usam largamente esse recurso em todas as áreas.  É só observar...
Agora, imaginem se toda a população do planeta, tivesse conhecimento disso, levasse realmente à sério e descobrisse o seu próprio poder!...Não haveria mais miséria, nem doenças, nem guerras e nem meia dúzia de privilegiados mandando em bilhões de subordinados.
Mas eles estão tranquilos, pois sabem que:
“Apenas os segredos pequenos precisam ser protegidos. Os grandes são mantidos em segredo pela própria incredulidade pública”.    (Marshall McLuhan)
Está no nariz da gente, mas é tão óbvio e tão simples, que ninguém acredita e não dá importância.
No próximo post, vamos ver como funciona essa estratégia de marketing no nosso dia a dia e para que serve esse assustador controle das massas.


Compartilhe



- MENSAGENS SUBLIMINARES (1)

Para que Serve e como Funciona o Cruel Controle das Massas.

Continuando com o que foi exposto no último post podemos perceber que os noticiários de TV agora, não se limitam mais a transmitir a notícia pura e simples, como seria a função de um noticiário. Pois é sabido que, além da conveniência em manter o povo distraído e alheio à responsabilidade dos governantes, eles sabem também que a notícia em si, não tem grande impacto sobre o inconsciente. Para conseguir isso, a notícia tem que ter apelo emocional e ser repetida exaustivamente, várias vezes ao dia. É aí que entra em cena a exploração dos comoventes dramas pessoais. Todas as notícias agora viraram verdadeiras novelas, cheias de cenas dramáticas e  chocantes, envolvendo gente como a gente, para que o povo possa se identificar e se emocionar.



É dessa forma, que o medo vai se instalando no inconsciente, chegando às raias da paranoia, e  esse é o pior e o mais perverso dos objetivos da mídia,  tanto no cenário nacional como no internacional: É o cultivo do medo e do pânico na população, sem que ninguém se dê conta.


O medo paralisa, e com o tempo vai imbecilizando as pessoas, ninguém se aventura, não se arrisca, não se rebela, ou seja, vive literamente como uma manada bovina, que só espera a hora de ir para o matadouro.  Um povo alienado, que não reage, que se acomoda na vidinha medíocre e sem sentido, aceitando tudo o que a mídia, as igrejas e os governos lhe impõem goela abaixo, é muito mais fácil de controlar do que um povo inteligente, que está no comando da própria cabeça.
É claro que hoje, essa sinistra estratégia de marketing é muito bem disfarçada e sofisticada. Não é tão óbvia e escrachada como o rádio, no quarto do Sérgio Faraco. Tanto que a maioria das pessoas nem sequer percebe que está sendo manipulada. Pois toda essa avalanche de notícias negativas vem recheada de “abobrinhas” agradáveis, bem ao gosto do povo, que adora fofoca de celebridades, carnaval, futebol, ou seja, tudo o que não leva à nada e não é realmente importante. E assim ninguém pode dizer que é só tragédia.  Afinal, tem “Pão e circo” também...

Infelizmente, o gosto popular pelas tragédias e pelas futilidades é o grande vilão, que é explorado até as últimas consequências.
Não que os desastres e a violência noticiados não sejam  fatos, só que eles acontecem numa proporção muito menor do que a divulgada e acontecem pela Lei da Atração, pois a gente atrai justamente aquilo que teme.
Por isso, se não quiser que as tragédias façam parte da sua programação de vida, não entre nessa paranoia coletiva, não deixe o seu inconsciente absorver e atrair isso!
Se alguém ainda tem alguma dúvida de que estamos sendo manipulados, eu pergunto:


-Por que não são divulgadas e exploradas no dia a dia, a quantidade de descobertas extraordinárias da física quântica sobre as capacidades assombrosas do nosso cérebro e como se pode desenvolvê-las?
-Por que não divulgam a enorme quantidade de crianças Índigo e Cristal, com seus cérebros privilegiados, que já estão há alguns anos chegando ao planeta, para formar uma nova humanidade em muito menos de 20 anos?
-Por que nenhuma mídia divulgou o exemplo de democracia que a Islândia deu ao mundo, ao resolver a sua crise financeira sem nenhum derramamento de sangue, apenas com união, planejamento e inteligência?
-Por que não se divulga todo o dia as incríveis soluções em termos de ecologia, sustentabilidade e reciclagem, que surgem a cada dia em todo o planeta?
-Por que, programas como o do jornalista André Trigueiro em Cidades e Soluções, não passam diariamente na TV aberta, para que as pessoas aprendam e vejam que a sustentabilidade não é só possível, mas também urgente e que as soluções estão aí, para quem quiser por em prática?


Isso sem citar as dezenas de outras iniciativas, não menos importantes, que encheriam os noticiários diários de soluções para uma vida melhor, aqui e agora. No entanto, essas notícias não interessam, são divulgadas rápida e esporadicamente, visto que o interesse é justamente não chamarem  atenção sobre elas.

Então, de quem é esse interesse mórbido e em grande escala, em manter todas as notícias benéficas, importantes e extraordinárias, camufladas, desacreditadas e até ridicularizadas, divulgando apenas o terror e a tragédia?
Mas seja de quem for essa intenção sinistra, só vai atingir aqueles que realmente permitirem ou não tiverem conhecimento.  Portanto, fique ligado! O principal é cada um de nós estarmos atentos para não cair nessa armadilha.
A inteligência atenta e constante é o filtro para que essas coisas não atinjam o nosso inconsciente.
É só não permitir que as vibrações negativas dessa mídia sensacionalista entrem na nossa vida. Como?
Apurando o nosso gosto, mantendo a mente elevada, vibrando no que tem de bom, belo e importante nesse mundo. Nós merecemos isso, é uma questão de autoestima.

Se você também pensa assim, se é inteligente o bastante para querer sair da matrix, comece por se aliar a outros que pensam do mesmo modo. Troque os hábitos destrutivos por outros mais saudáveis, faça alguma coisa diferente e compartilhe os resultados!... Muitos permanecem nessa inércia por se sentirem sozinhos e com medo de parecerem excêntricos. E esse é outro medo arraigado no inconsciente coletivo há muito tempo, o medo de ser diferente.

“Não cedas à fraqueza que de nada serve, mas enche-te de coragem e sê o que realmente és”.  Krishna


Compartilhe


quinta-feira, 12 de abril de 2012

- EXISTE MUITO MAIS DO QUE SOMENTE ISSO...

Quem escreveu esse artigo deve ter bastante sintonia comigo, pois há anos que me faço essas mesmas perguntas, a cada vez que  os meus ouvidos são involuntariamente bombardeados pelo noticiários repetitivos da TV.
É uma verdadeira programação de emburrecimento coletivo.
Então pare e pense!


POR QUÊ?...

Por que motivo quero saber que um carro bomba explodiu do outro lado do mundo ?
Por que motivo quero saber que um homem matou várias pessoas num determinado lugar ?
Por que motivo quero saber quem ganhou no Big Brother ?
Por que motivo quero saber que time de futebol ganhou, Palmeiras... Corinthians... ?
Por que motivo quero saber o preço de um jogador ?
Por que motivo quero saber o que rola na moda ?
Por que motivo quero saber quem foi convidado numa festa de fama ?
Por que motivo quero saber que Amy Winehouse foi julgada novamente ?
Por que motivo quero saber que uma pessoa é virgem ou não ?
Por que motivo quero saber o que vai mostrar no programa do Faustão ?
Por que motivo quero saber o que vai mostrar no programa do Gugu ?
Por que motivo quero saber quem ganhou na Tele-Sena ?
Por que motivo quero saber quantas pessoas foram presas durante um assalto ?
Por que motivo quero saber que aquela pessoa famosa está com câncer ?
Por que motivo quero saber quantas pessoas estão com gripe A ?
Por que motivo quero saber dessas coisas ?
Para estar atualizado ?
Mas....... atualizado para quem ? Para o que ?
Atualizado para mim ?
Se for para mim.... o que ganho com isso ?
Para que se atualizar com algo que NUNCA sai daquilo ?!


Por que querem que eu saiba somente essas coisas ?
Quando chego em casa após um dia de trabalho, vou assistir Tv e então vou dormir.
Por que não ler um livro ?
Por que não conversar com alguém, ao invés de assistir Tv ?
Será que eu quero mesmo continuar essa vidinha sem sentido nenhum....
Essa ignorante forma de pensamento, que a mídia me impõe ?
O que quero para EU mesmo ? Para mim...
É isso que quero ?
Quando deixar esse corpo e partir, será que quero levar junto comigo essas ideias sem sentido?

Pense... reflita... questione... faça algo diferente.
Saia disso, isso não nos leva a lugar algum, apenas para a ignorância e a burrice.
Saia... seu tempo chegou.
Existe muito mais que isso!!!
Muito muito muito muito mais!!!
Não posso explicar o que é, apenas você pode sentir o que estou dizendo.
Se leu isso até aqui é porque chegou SUA hora de deixar esse tipos de atitude que a mídia nos impõe.
Esquece o que seu amigo irá dizer, seu vizinho... ESQUECE...
Você é VOCÊ.
Se está aqui para evoluir, é para você mesmo. E não para os outros.
Por que só você mesmo pode evoluir e progredir para si mesmo.
Nenhum Santo... nem Jesus... nem Deus pode mudar isso por você. Apenas VOCÊ pode caminhar e aprender a evoluir.
Eles apenas abrem as portas, mas é você que tem que entrar.
Lembre-se disso... Pense nisso. 

Fique na paz!




Isso não significa que a pessoa deve ficar alienada e não saber o que se passa à sua volta, não. Mas que seja muito mais seletiva, escolhendo programas que o incentivem a pensar em vez de se submeter a uma verdadeira lavagem cerebral. Esse assunto é tão sério que dá margem aos próximos posts, Mensagens Subliminares, onde podemos ver como funciona o nosso subconsciente nesses casos, pegando como exemplo a experiência do jornalista Sérgio Faraco na União Soviética, em entrevista à Globo News.
Então, se você é inteligente o bastante para não aceitar fazer parte do rebanho. Fique ligado!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

- AREA Q e OS AGENTES DO DESTINO

Para quem tem olhos de ver, o que está acontecendo no planeta já não é mais ficcção científica há muito tempo, mas sim realidade científica. São seres interestelares, com intenções diversas e com uma tecnologia anos luz à nossa frente, que estão infiltrados entre nós, agindo em todas as áreas, principalmente na literatura e na sétima arte. É dessa forma que o inconsciente coletivo está sendo preparado, tanto de um lado como de outro. Sempre tem os dois lados da moeda, o bem e o mal. Essas obras, ainda são confortavelmente classificadas de ficção científica, até as pessoas estarem prontas para aceitarem a verdade. Para quem já vem acompanhando há anos,  as mensagens canalizadas dos seres que estão tentando salvar esse planeta que estamos destruindo, esse filme não traz muitas novidades, mas recomendo como o melhor que já vi sobre esse tema.

 
                                               AREA Q
 

Quanta coisa importante,  a maior parte da população desconhece! Me pergunto, quantos brasileiros, que veem os noticiários todo o dia, sabiam, antes desse filme,  que as cidades de Quixeramobim e Quixadá, no Ceará, são conhecidas mundialmente por suas aparições de ovinis?
Por que não se divulga essas coisas?...Por que ainda se faz tanta gozação sobre o tema e esses filmes são chamados de ficção científica, se são fatos que acontecem todo o dia e cada vez mais em todo o planeta? Esse filme pode trazer muitas respostas interessantes a quem estiver atento.
Aí está um resumo dos comentários do filme:

AREA Q- é o nome do longa-metragem de ficção científica filmado no Brasil, mais precisamente no Ceará, na cidade de Quixeramobim, mundialmente conhecida por suas aparições de ovinis e promoverá a inédita parceria com a Panavision, que associou-se ao projeto cedendo temporariamente um dos mais avançados equipamentos de câmeras de alta definição do mundo, Gênesis, que foi utilizado em filmes como: Superman - O Retorno, Déjà Vu e Apocalypto.
Quixadá, 1979. O fazendeiro João Batista (Murilo Rosa) é surpreendido ao ser abduzido por seres extra-terrestres. Ele retorna com poderes, o que faz com que se torne um mito local. Duas décadas depois, o jornalista investigativo Thomas Matthews (Isaiah Washington) chega à cidade. Enviado por um jornal americano para desvendar os relatos de OVNIs na região, Thomas ainda sofre pelo misterioso desaparecimento de seu filho, ocorrido há pouco tempo. Ao entrevistar algumas pessoas abduzidas, Thomas percebe que há fundamento no relato delas e que, de alguma forma, os eventos da região estão ligados ao sumiço de seu filho.

Em 1960, a escritora Rachel de Queiroz, moradora da região, escreveu uma crônica descrevendo o avistamento de um OVNI em sua fazenda, que foi visto, não só pela população local em geral, mas também por mais de 30 pessoas, entre os empregados e visitantes da sua casa.

                        OS AGENTES DO DESTINO
Para quem ainda não viu, esse é outro excelente filme, que recomendo. Aí vão alguns comentários do crítico Thiago Siqueira.
Livre-arbítrio é o foco do surpreendente filme: Os Agentes do Destino.

Thiago Siqueira
Romance, ficção científica e espiritualidade se misturam neste interessante primeiro longa do diretor George Nolfi.
Um dos aspectos que faz a vida interessante é o livre-arbítrio. Tanto erros quanto acertos são nossos para cometer. No entanto, alguns fatos na vida acontecem ou deixam de acontecer de um modo tão sincronizado que é difícil não acreditar em destino. Chamemos de lei dos números grandes ou lei de Murphy, sempre tentamos encontrar uma explicação lógica para tais fatos. É neste ponto que “Os Agentes do Destino” finca sua trama.
A trama acompanha o político David Norris (Matt Damon), outrora favorito para uma vaga no senado americano que vê sua campanha naufragar após um escândalo. Prestes a dar o seu discurso de admissão de derrota, ele acaba inspirado por um encontro inesperado com a livre e bela Elise (Emily Blunt), que acaba revigorando sua carreira pública. Algum tempo depois, os dois se reencontram e a química entre eles é simplesmente inebriante.
No entanto, David e Elise não foram feitos para ficar juntos, sendo o destino deles permanecerem separados. Pelo menos é o que dizem os misteriosos homens de terno e chapéu, que encurralam David na mais estranha das circunstâncias. Eles farão de tudo para manter tudo de acordo com o plano de seu misterioso Chefe, mesmo que isso signifique apagar (deletar, formatar) tudo que David é e poderá vir a ser.
Daí temos os antagonistas, que são os Agentes do título. Não utilizo a palavra “vilões” porque ela simplesmente não se aplica. O grupo segue instruções bem específicas para manter o mundo em um rumo mais aprazível, sendo inevitável que se envolvam negativamente na vida de uma pessoa ou outra. Os caminhos são traçados de modos misteriosos.
O conceito criado é deveras interessante e utilizado de maneira inteligente pelo filme. As limitações dos agentes e o uso das portas (que me remeteu à “Matrix Reloaded”.) também geram eficientes momentos de tensão na narrativa. Fora que os atores escolhidos para interpretar os Agentes que ganham destaque no filme não poderiam ser melhores, cada um emprestando particularidades marcantes para seus personagens.
Alguns acharão que a conclusão do filme peca por ser um exemplo claro de deus ex machina. No entanto, ela é bastante condizente com a mensagem que o longa tenta transmitir o tempo todo: todos nós somos capazes de fazer o nosso próprio destino. Por mais boba que seja essa lição, muitas pessoas tendem a esquecer dela. Recomendado.
              ---------------------------------------------------
Boba..., essa lição??? Como assim?...Acho que ele quis dizer óbvia,né? Pois de boba é que não tem nada.


Compartilhar