Companheiro

SOBRE OS LIVROS

Depois da recente obra, FLORAIS DE BACH NO RESGATE DA AUTOESTIMA, mais um livro foi editado, NUMEROLOGIA CÁRMICA NO 3º MILÊNIO. Ambos estão à venda na loja virtual da Editora PerSe 2.0. Veja as sinopses nos banners ao lado...

Anny Luz

Este blog é neutro em carbono.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

-CRIANÇAS ÍNDIGO e CRISTAL

 O artigo a seguir, pode interessar aos observadores dos fenômenos  e mudanças de paradigma, que estão ocorrendo no planeta de uns tempos para cá e que tem relação direta com as transformações previstas para 2012. 

A ciência continua irredutivelmente cética sobre todos esses assuntos. Mas respeitados médiuns e sensitivos tem sido enfáticos à esse respeito, inclusive o conhecido Divaldo Pereira Franco e o próprio Chico Xavier, que reconheceu publicamente a existência de seres extraterrestres.
Esses são  alguns trechos tirados do site Saint Germain Chama Violeta
 
                 CRIANÇAS ÍNDIGO e CRIANÇAS CRISTAL
Estes seres fantásticos e superdotados, estão chegando à Terra, cada vez mais e mais... Estão encarnando em todos os países, em todas as raças, em todos os níveis sociais, nas aldeias mais distantes e nas cidades mais populosas e  muito possivelmente, dentro da sua própria família, bem debaixo do seu nariz!
As Crianças Índigo estão encarnando na Terra há bastante tempo, mas vinham poucas delas, até que depois da segunda guerra mundial começaram a vir em maior número e a partir da década de 70, começaram a chegar em ondas, cada vez maiores.
Hoje, os dados são impressionantes!
Pesquisadores americanos estimam que depois de 1995 oitenta e cinco por cento dos nascimentos ocorridos na Terra são de Crianças Índigo ou Cristal!
Fica muito evidente que alguma coisa está acontecendo.
Mas, o quê?

Astrônomos importantes como Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Sola, Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos, chegaram à conclusão de que o sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação das Plêiades.
Nosso Sol é, portanto a oitava estrela da constelação e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione.
Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel de radiação que foi chamado de cinturão de fótons.
Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética.
A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra nesse anel de fótons por dois mil anos (Eras), ficando mais próximo de Alcione.
A última vez que a Terra passou por ele foi durante a Era de Leão, há cerca de doze mil anos.
Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos nesse anel de radiação.
Sob a influência dos fótons, todas as moléculas e átomos do nosso planeta passam por grande transformação, precisando se readaptar a novos parâmetros.
A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura que não produz sombra nem escuridão.
Talvez por isso os hindus chamem os tempos que estão por vir de Era da Luz.
Pois as pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística ao planeta.
Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma.
O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas estelares, reaparecerão, nos auxiliando a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.

É aqui que entram as Crianças Índigo e Cristal!
Essas crianças fascinantes e fabulosas... são o próximo passo na nossa evolução como espécie humana. Estão chegando para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual do planeta, independente de fronteiras e de classes sociais.
São catalisadores desencadeando as reações necessárias para a transformação.
Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso da potencialidade dos hemisférios, sendo que o hemisfério direito é o mais desenvolvido.
Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual.
Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades atuais.
E elas vão agir, aliás, já estão agindo através do questionamento e transformação de todas as instituições rígidas que as circundam, começando pela família e pela escola, que se baseiam na imposição de regras, sem tempo de dedicação, sem autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação.
Essas crianças simplesmente não respondem a essas estruturas rígidas, porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque têm uma intuição desenvolvida para perceber as verdadeiras intenções dos adultos e não têm medo.
Portanto, intimidá-las não traz resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira de obter a verdade.
Como elas possuem uma estrutura mental diferente, podem resolver problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio, que abalam o modelo atual de ensino.
São crianças especiais, que decidiram encarnar no nosso planeta com uma missão e um objetivo específico: são guerreiros, detonadores de sistemas!
Elas já vêm ao nosso planeta há bastante tempo.
Alguns até argumentam que Jesus e Budha eram índigos, pois a missão deles, numa escala global, era mudar a consciência da humanidade. (vale lembrar que Jesus aos 12 anos, discutiu com os doutores do templo.)
Eles começaram a chegar em ondas maiores desde a década de 70. Muitos deles... hoje já aos vinte...trinta, quarenta anos, é a geração guerreira, que começou a desafiar e a mudar os velhos sistemas.
Nos anos oitenta e noventa, mais e mais ondas de índigos chegaram, agora com uma sensibilidade e refinamento maiores ainda!
E no final dos anos noventa e início de dois mil eles estão ganhando a companhia das " Crianças Cristal " que chegam também como guerreiros... mas guerreiros espirituais!
Presentemente, nós estamos vendo uma geração de Mestres vindo para o nosso planeta, essas crianças fantásticas também chamadas de " Crianças das Estrelas" .
Elas são a nossa esperança para o futuro, elas são a nossa esperança para o presente.

Mas como reconhecer um Índigo ou Cristal?
A resposta óbvia seria verificar a cor da sua aura.
Mas nem todos os Índigos têm a aura na cor azul-escuro o tempo todo.
O termo Índigo refere-se mais ao estado da alma do que a cor da aura, que muda um pouco de acordo com sua disposição e seus interesses.
Videntes que vêm os estados da alma podem identificar Índigos.
No entanto, é fácil identificar um Índigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento.
As Crianças Cristal tem a aura clara como cristal, mas também com tons de dourado, azul índigo ou púrpura.
Como crianças, elas se parecem com todas as outras, embora sejam frequentemente bonitas e com olhos penetrantes.
São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências.
Têm muita energia, são muito ativas, têm muita força de vontade e um senso forte do seu próprio valor e importância.
Sabem que são especiais e que estão aqui para fazer alguma coisa significativa.
Possuem amigos imaginários e adoram fadas e golfinhos.
A inteligência excepcional das crianças índigo pode ser exasperante para os adultos.
Ninguém lhes dirá o que fazer, elas quererão debater e negociar cada instrução, cada ordem.
Até que os pais aprendam que estão sendo ensinados e aprendam a respeitar o direito de escolha da criança e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados com lutas de poder e batalhas de força de vontade.
A maneira correta de lidar com um Índigo é estar disposto a falar a verdade, negociar, explicar, dar-lhe escolhas.
Eles têm alta sensibilidade, não conseguem ficar quietos ou sentados, a menos que estejam envolvidos em alguma coisa do seu interesse.
Por serem orientados pela parte direita do cérebro, são geralmente atraídos por atividades e ocupações que usam o hemisfério direito, como a música, a arte, a escrita, a espiritualidade.
Adoram cristais, Reiki, meditação e yoga.
Ficam frequentemente desconcertados com a desonestidade, a manipulação e outras formas de comportamento egoísta.
Uma das características-chave dos Índigos é a sua ira com
 figuras de autoridade, que não conseguem nada com elas.
Num nível profundo, elas não reconhecem a autoridade.
Sabem que somos todos iguais e por isso ficam irritados,  com aqueles que se comportam ditatorialmente, quer sejam pais, professores ou patrões.
Se experimentam muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.

Um problema sério é quando há um diagnóstico médico dessas Crianças, que são catalogadas como portadoras de Transtorno do Déficit de Atenção, Hiperatividade, autismo e outras doenças.
Com isso, dá-se medicação a elas, sedando toda a sua imensa potencialidade.
Essas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo.
Portanto nós precisamos aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as.
Por volta do ano 2000, as Crianças Cristal começaram e encarnar na Terra.
Elas representam o próximo passo na evolução humana e seguem às Crianças Índigo.
Sua missão é completar o trabalho começado pelos índigos.
Elas também são detonadores de sistemas, são os guerreiros espirituais que vêm desmantelar e remover maneiras velhas e limitadas de pensar e elas vêm para começar o processo de renovação e reconstrução do planeta, que deve estar concluído até 2012/2013.
Crianças Cristal têm várias dádivas especiais que derivam das suas habilidades multidimensionais.
Elas têm não só a habilidade de ler os campos de energia das pessoas como ainda muitas outras habilidades psíquicas, desde mover objetos mentalmente até ler livros sem abrí-los, além de comunicar-se telepaticamente e é por isso que, às vezes, não falam, até que tenham 4 ou 5 anos de idade.

A missão primária de uma Criança Cristal é ensinar as maneiras de vida multidimensional em harmonia, paz e amor.
Elas estão vindo nos ensinar como viver vidas emancipadas com o reconhecimento dos nossos plenos poderes.
________________________________________
Cabe ressaltar ainda, a necessidade de não se confundir Crianças Índigo ou Cristal com crianças desajustadas e indisciplinadas pela falta de uma educação adequada. Mesmo esses seres tão especiais que estão chegando, precisam de uma relação de honestidade, amor e disciplina, que são ítens indispensáveis a qualquer criança.  Todas são capazes de perceber quando pais e professores pregam uma moral que eles mesmos não seguem.

Compartilhe!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

-ALERTA AOS PESSIMISTAS DE PLANTÃO: Pensamento Negativo tem Poder.

Gatilho hormonal é disparado no cérebro quando a pessoa crê que algo vai dar errado.
"Ó, vida, ó, azar!", queixava-se a hiena Hardy Har Har, no clássico desenho animado, prevendo que as coisas não dariam certo. 

Agora, uma pesquisa provou que, de alguma forma, Hardy tinha razão. Se um paciente pensa que o tratamento não vai funcionar, ele provavelmente não irá, mesmo com as melhores técnicas ou os mais potentes medicamentos.
Uma antiga crença popular acaba de ganhar comprovação científica. Publicado em fevereiro na revista Science Translational Medicine, um estudo liderado pela Universidade de Oxford, da Grã-Bretanha, com a participação de outras três instituições européias, mostrou que o pensamento negativo pode, sim, ter conseqüências nocivas. Pelo menos quando o assunto é saúde.
Decididos a desvendar os mistérios do cérebro e a testar se as convicções dos pacientes podem alterar o resultado de um tratamento, cientistas reuniram 22 voluntários para uma bateria de exames. No laboratório, sem que os envolvidos soubessem, manipularam suas expectativas em relação à dor. Os resultados foram surpreendentes.
Imagine a cena: acomodados em um aparelho de ressonância magnética, com tubos intravenosos nos braços, os participantes foram expostos a uma dor física, provocada por uma fonte de calor. Pela corrente sanguínea, passaram a receber um analgésico potente.
Em determinado momento, ficaram sabendo que o medicamento seria cortado repentinamente. Quando isso aconteceu, os relatos de sofrimento aumentaram vertiginosamente. Nada demais, não fosse um pequeno detalhe: eles continuavam medicados. O mais curioso é que, por meio de imagens da atividade cerebral dos voluntários, os estudiosos confirmaram que eles realmente sentiam o desconforto relatado. Em outras palavras, a certeza de que a situação iria piorar anulou o efeito do remédio.
— Isso mostra que os médicos não podem subestimar a influência das expectativas negativas que os pacientes têm sobre o resultado de um tratamento —, declarou a professora Irene Tracey, do Centro de Ressonância Magnética Funcional do Cérebro da Universidade de Oxford, que comandou o trabalho.

Pessimistas:
A conclusão também reforça algo que outras pesquisas já vinham apontando. Um levantamento desenvolvido em 2010 pela International Stress Management Association (Isma) revelou que, entre pessimistas inveterados, as chances de desenvolver moléstias — como problemas gástricos, dores musculares, arritmia e taquicardia — são maiores.
— Na ciência, classificamos os pessimistas como pessoas que interpretam as dificuldades como fracassos e sempre esperam o pior. Eles sofrem muito. Acham que o mundo é injusto, são inflexíveis e obsessivos — , destaca a presidente da Isma no Brasil e Ph.D. em psicologia, Ana Maria Rossi.
Não raro, quanto mais pensamentos negativos nutrem, mais pessimistas ficam. Mas o que está por trás disso? O neurologista Pedro Schestatsky diz que a explicação passa por um conjunto de fatores. Em geral, sempre que uma pessoa crê que algo vai dar errado e vive uma situação de estresse, um gatilho hormonal é disparado no cérebro, e substâncias como cortisol e adrenalina são liberadas. É como se o órgão percebesse que há algo ruim por vir e preparasse o corpo para a guerra — mantendo-o em estado de hipervigilância.

Em pessoas saudáveis, essas descargas são comuns e até benéficas. O problema é que, no caso dos pessimistas, passam a ser contínuas. O resultado da cascata hormonal é a diminuição da capacidade de suportar a dor e o enfraquecimento do sistema imunológico, abrindo brechas a doenças. Por essa e por outras razões, Schestatsky comemora o resultado da pesquisa britânica:
— O estudo comprova o quanto é importante o médico conversar com seu paciente, entender o que se passa na cabeça dele e trabalhar isso. Não adianta atendê-lo em cinco minutos e prescrever um remédio sem um vínculo terapêutico. Se a expectativa for ruim, tem tudo para dar errado.

Saiba mais:
Dos versos melancólicos e negativos do poeta inglês Lord Byron à saga de Luis da Silva, protagonista de Angústia, de Graciliano Ramos, os conflitos vividos por homens e mulheres de mal com o mundo perpassam gerações e pululam livros, filmes e programas de TV. Até os fãs dos desenhos animados se acostumaram a rir do velho e choroso bordão "ó, céus, ó, vida, ó, azar", de Hardy Har Har, a impagável hiena criada pelos estúdios Hanna-Barbera.

A técnica:

Para ajudar pacientes a superarem o negativismo, a psicóloga Ana Maria Rossi costuma ensinar um método simples, desenvolvido na década de 80, chamado de técnica da visualização. Funciona assim:
1. Sempre que você estiver em uma situação que desencadeie algum pensamento negativo, pare o que está fazendo e respire fundo.
2. A idéia é que você "engane" seu cérebro. Em função de fatores neurológicos, ele não diferencia o real do imaginado. Para isso, antes que ele comece a produzir os hormônios relacionados ao pessimismo, substitua o pensamento negativo por um positivo e visualize a cena.
3. Repita o processo sempre que necessário e se programe para agir dessa forma até que passe a ser algo natural.

Problema tem solução:
Pessimistas são como peixes presos a uma rede em alto-mar. Não é fácil se libertar da trama e dar um basta aos pensamentos negativos, afirmam os médicos. Mas não é impossível.
— O problema é que quando o pessimista vê uma luz no fim do túnel, acha que é a locomotiva que vem vindo. Ele se alimenta de fatos negativos. É um obsessivo —, diz a psicóloga Ana Maria Rossi.
O neurologista Pedro Schestatsky, coordenador do Comitê de Dor da Sociedade Européia de Neurologia, vai mais longe: muitos desses pacientes, na verdade, têm transtorno de personalidade catastrófica:
— Eles supervalorizam a dor, como aqueles sujeitos que têm uma unha encravada e acham que vão morrer.
Não raro, complementa o psiquiatra Fernando Lejderman, o quadro está associado a depressão ou ansiedade. Dependendo da gravidade dos sintomas, o paciente só supera a situação com terapia e medicamentos.
— É difícil, mas se a pessoa reconhecer o problema, consegue vencer — ressalta Lejderman.


Publicado no Jornal Zero Hora de 29/03/11


Se alguém ainda tem alguma dúvida sobre a Lei da Atração, aí está mais uma comprovação. A boa notícia é que o poder é nosso. Cada um pode escolher o que quer atrair para a sua vida. Agora está claro que ninguém é vítima do destino ou de outra pessoa. Tudo está em nós.



Compartilhe!

sábado, 15 de outubro de 2011

-ENCERRANDO CICLOS

Fernando  Pessoa
Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.
              ---------------------------------------------
Grande Fernando Pessoa! Mais uma pérola de sua sabedoria! 

Compartilhe!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

-LEI DA ATRAÇÃO e o PODER DAS PALAVRAS


 
 A lei da Atração é uma das Leis Universais que estão sendo estudadas pela física quântica. Volto a mencionar os filmes QUEM SOMOS NÓS e THE SECRET, em que vários cientistas, filósofos e estudiosos dão depoimentos e fazem demonstrações sobre as evidências de que a mente de qualquer pessoa tem o poder de atrair para a sua vida exatamente o que ela pensa, acredita, sente e afirma. 
"A vida é como jogar uma bola na parede. Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde; se for jogada uma bola azul, ela voltará azul; se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca; se a bola for jogada com força, ela voltará com força: Por isso, nunca jogue uma bola na vida, de forma que não esteja pronto para recebê-la. A vida não dá nem empresta; não se comove nem se apieda. Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos. (Albert Einstein) 
 
Esse assunto é muito vasto e apaixonante! Recomendo insistentemente que vejam e revejam esses filmes, se quiserem fazer uma verdadeira iniciação nesse aprendizado.
Nessa página, abordamos apenas alguns pontos importantes para usarmos a Lei da Atração à nosso favor:

AFIRMAÇÕES OU MANTRAS-
MANTRA é uma palavra sânscrita que significa mensagem positiva enviada aos centros psíquicos, pelo uso correto de uma ou mais palavras repetidas de forma constante, com um objetivo definido.
Os mantras budistas ou tibetanos, geralmente são em sânscrito, língua sagrada dos indianos e cuja entoação, provoca uma vibração na caixa craniana, como o OM, o som do universo....(Leia mais sobre isso no novo blog, no end. acima)
AFIRMAÇÃO tem um significado semelhante, só que usado em qualquer outro idioma.
Cada um pode criar a própria afirmação, de acordo com o que deseja manifestar na sua vida. Para quem quer ir mais fundo e ter uma afirmação para o propósito de vida ou liberação de carmas, os estudos astral e numerológico podem ser chaves importantes para se chegar a afirmação mais adequada.

Se uma afirmação pode ser usada intencionalmente para se conseguir determinados objetivos positivos, a recíproca é verdadeira. A repetição impensada de decretos negativos na nossa linguagem diária pode atrair muitas coisas indesejadas.
AS PALAVRAS TEM PODER
Para usar a LEI DA ATRAÇÃO à seu favor, comece aprendendo a usar as palavras corretamente, no seu dia a dia:
A linguagem dirige os nossos pensamentos e ações para direções especificas e, de alguma forma, ela nos ajuda a criar a nossa realidade, potencializando ou limitando as nossas possibilidades. Os vícios de linguagem negativa que usamos no cotidiano, podem levar a nossa vida para uma direção não desejada conscientemente. A habilidade de usar a linguagem com precisão é essencial para uma boa comunicação e para informar ao universo o que você deseja realmente na vida.
1) CUIDADO COM A PALAVRA “NÃO”.
A Frase que contém NÃO, para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela.
O NÃO existe apenas na linguagem e não na experiência.
Por exemplo: pense em "NÃO"... Nada vem à mente.
Agora, faça o teste: Vou lhe pedir, que não pense na cor vermelha... Eu pedi para você NÃO pensar na cor vermelha e você pensou.
Portanto se disser “eu NÃO quero ser pobre ou ficar sozinho ou ficar doente”, o que você estará informando ao universo é: Eu (não) quero ser...etc...
Procure falar no positivo e diga sempre o que você quer e nunca o que não quer.
2) CUIDADO COM A PALAVRA “MAS”, QUE NEGA TUDO QUE VEM ANTES.
Por exemplo: "O Pedro é um rapaz inteligente e esforçado, MAS..."Se não puder substituir o MAS por E... opte apenas pelo comentário positivo.
3) CUIDADO COM A PALAVRA TENTAR, QUE PRESSUPÕE A POSSIBILIDADE DE FALHA.
Por exemplo: "Vou tentar passar nesse concurso".
Em outras palavras: Tenho grande chance de não conseguir, pois vou apenas "tentar". Evite TENTAR, FAÇA.
4) CUIDADO COM AS PALAVRAS DEVO, TENHO QUE, OU PRECISO, que pressupõem, que algo externo controla a sua vida.
Em vez delas use QUERO, DECIDO, VOU.
5) AO FALAR DOS PROBLEMAS E DESCRIÇÕES NEGATIVAS SOBRE SI MESMO, USE O VERBO NO PASSADO- Isto libera o presente. Diga, por exemplo, "Eu tinha dificuldade em fazer isto ou aquilo..." em vez de, tenho dificuldade.
6) AO FALAR NAS MUDANÇAS DESEJADAS PARA O FUTURO USE O VERBO NO PRESENTE-
Por exemplo: em vez de dizer “Gostaria de conseguir ou vou conseguir", diga "Estou conseguindo". Ou, como ensina o Jin Shin Jyutsu*: Em vez de dizer, tenho um "problema" na minha coluna, afirmar: Tenho um "projeto" de saúde para a minha coluna.
* JinShin Jyutsu, técnica/arte japonesa de cura pelo toque dos dedos. Ver página, Terapias Holísticas.
7) SUBSTITUA o SE por QUANDO.
Por exemplo: em vez de falar, "Se eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar", fale "Quando eu conseguir ganhar dinheiro irei viajar".
8) SUBSTITUA o ESPERO por SEI.
Por exemplo: em vez de falar "Eu espero ser feliz um dia", diga, "Estou começando a me sentir cada vez mais feliz à partir de agora”. ESPERAR, suscita dúvidas e enfraquece a linguagem.
(trechos do site, Sintonia Saint Germain)
Cuidado também com a palavra "perder".Em vez de dizer, estou perdendo peso, diga, estou ganhando saúde.
A nossa criança interna não gosta de perder nada, se disser que está perdendo peso ela o fará ganhar novamente.
ISSO NÃO É MENTIR PARA SI MESMO NEM PARA OS OUTROS, COMO MUITOS PENSAM, MAS É SER COERENTE COM OS NOSSOS DESEJOS. É USAR O PODER DAS PALAVRAS PARA AFIRMAR A VERDADEIRA REALIDADE QUE QUEREMOS CRIAR.
Mudar hábitos arraigados como esses, pode não ser uma tarefa nada fácil, significa estar atento a si mesmo nas 24 hrs do dia (Orai e vigiai). Mas se você estiver determinado a mudar a sua vida ou simplesmente atingir algum objetivo, que parece inatingível, pode acreditar que vale à pena o esforço. 

Compartilhe!  

terça-feira, 4 de outubro de 2011

-FILOSOFIA HUNA

Sabedoria milenar dos xamãs havaianos.
Quem viu os filmes mencionados na postagem Lei da Atração, QUEM SOMOS NÓS e THE SECRET, cada vez mais se surpreende com os conhecimentos milenares de um povo havaiano, cuja sabedoria, foi resgatada pelo psicólogo americano, Max Freedom Long, como veremos à seguir.
Os filmes acima mencionados mostram depoimentos de renomados cientistas da atualidade, falando sobre as descobertas da física quântica, à respeito do poder que cada um de nós possui, de CRIAR A PRÓPRIA REALIDADE. Esse é o "segredo", que os sacerdotes havaianos conheciam e praticavam há milhares de anos atrás, pelo que se tem registro.
O termo huna em havaiano significa "segredo". Kahunas (guardiões do segredo), eram os sacerdotes ou xamãs, que conheciam segredos que chamamos de milagres, tais como: controlar as forças da natureza, fazer curas instantâneas, prever o futuro e mudá-lo para o bem-estar do seu povo. Recém agora, a física quântica está descobrindo que, cada um de nós tem o potencial para desenvolver esses e muitos outros poderes.
Essa antiga e sábia filosofia foi resgatada e chegou até o nosso tempo pelo psicólogo e pesquisador americano, Max Freedom Long, que mudou-se para o Havai em 1917 e dedicou sua vida ao estudo e pesquisa dessa antiga magia, que chamou de ciência secreta.
Ao terminar os primeiros estudos, fez descobertas absolutamente surpreendentes: Os Kahunas, há milhares de anos, já conheciam, como partes integrantes do funcionamento do ser humano: o subconsciente e o consciente, (que a psicologia só descobriu no século passado), e o supraconsciente-Eu Superior (mais aceito atualmente, por algumas religiões). Ou seja, o homem é um ser triuno, constituído de três eus ou espíritos independentes, com funções diferentes, mas que precisam estarem alinhados, funcionando em harmonia, como uma perfeita engrenagem. O desalinhamento desses três eus, seria o responsável por todo o sofrimento físico, mental e emocional da humanidade, pois significa estar fora do Eixo Divino.
Hoje se sabe que o inconsciente, (eu básico ou criança interior) domina a maior parte das nossas ações, à revelia da nossa vontade consciente.
Então nos perguntamos: De onde viera esse povo com tão poderoso conhecimento? Max acreditava terem vindo do antigo Egito, mas escritores modernos os relacionam com a Lemúria, de cujo saber desaparecido guardavam os preciosos conhecimentos mágicos.
Os princípios básicos desta fascinante filosofia, já estão sendo praticados e utilizados com sucesso, como mais um precioso recurso terapêutico, ajudando a transformar problemas e dificuldades em situações de vida mais alegres e prazerosas. Huna não é apenas uma teoria bonita de uma forma de vida ideal.  Huna é prática, é ação e traz resultados surpreendentes àqueles que a praticam, começando pela prática do Ho´oponopono. (Ver postagem)
Na filosofia Huna, podemos aprender a usar a LEI DA ATRAÇÃO à nosso favor, e não contra nós, como é comum em nossa cultura.
O meu  livro, Florais de Bach no resgate da Autoestima,  foi baseado nessa filosofia. Ensina como ter acesso ao eu básico, (criança interior) utilizando o recurso dos florais, dos sonhos simbólicos e das afirmações de perdão e agradecimento.


Compartilhe!


sábado, 1 de outubro de 2011

-GRÂNDULA TIMO ou CHAKRA CARDÍACO

 Trigueirinho* Fala sobre a Glândula Timo (além da ciência).
"-As glândulas trabalham entre si, elas se completam, se ajudam mútuamente. As glândulas se suprem mútuamente.
A deficiência de uma glândula, pode ser compreendida por outra, e ali haver uma colaboração dentro do corpo.
Tudo está sob a regência da Consciência do Corpo".
Perguntaram a Trigueirinho sobre a glândula Timo, pois ouviu-se falar que em estudos recentes, foi constatado que ela não funciona bem quando a pessoa sofre de solidão, ou se sente rejeitada.
Resposta de Trigueirinho:
A glândula Timo fica sem funcionamento livre e vai se atrofiando quando as pessoas deixam de exercer o AMOR INCONDICIONAL a tudo e a todos.
Essas glândulas do corpo humano são todas misteriosas.
Mesmo quando a ciência pensa que sabe tudo a respeito de alguma delas, ainda não sabe.
A glândula Timo é das mais reguladoras e uma das que mais são sensíveis diante das nossas atitudes.
Se nós tivessemos o amor da alma fluindo livremente para ir aonde tem que ir e fazer "aquilo" que tem que fazer, sem estar restrito a personalismos, exclusivismos e coisas determinadas, a glândula Timo teria um funcionamento perfeito e no seu funcionamento perfeito ela expandiria cada vez mais o nosso amor, e nos faria amar até coisas que nós nem conhecemos.
O mistério dessa glândula é ela nos levar a um amor completamente CÓSMICO, completamente infinito.
Então, todas as vezes que você concentra o seu amor somente numa coisa, que pode ser uma pessoa, uma ideia, um animal, etc..a glândula Timo vai ficando apertada, atrofiada, porque o movimento dela é ''ao contrário'', é de expansão em direção a tudo e a todo o universo.
Essa glândula tem a possibilidade de te colocar em contato com o amor universal e incondicional.
Mas, quando você diz:
- Eu amo mais este do que aquele.
- Eu gosto mais disto, do que daquilo.
A sua glândula Timo vai ficando reduzida, ela fica reduzida na sua "função primordial."
A pessoa precisa da secreção da glândula Timo para humanamente, físicamente, ter esse sentido de universalidade e ser totalmente saudável. Se ela não tem esta secreção, é como se ficasse sem o veículo que a faz compreender materialmente o amor incondicional e possa incluir isto na sua vida.
Como alma, podemos estar desenvolvendo essas coisas todas, mas físicamente o corpo, a criatura humana, fica limitada por falta desta secreção.
Intelectualmente, ela pode ter esta compreensão, mas se não dispõe dessa secreção, a glândula está atrofiada e pode causar desequilíbrio em todo o organismo. A própria evolução fica prejudicada.
                      --------------------------------------
Então vamos ver... Porquê o amor incondicional é tão difícil para maioria dos seres humanos?
Por causa do ego. O ego é que separa e divide, por que se acha melhor que os outros. Ele é o inimigo que nos separa do próprio Deus Interno, pois o "nosso" Deus é o Deus de todos. Se você critica o outro, está criticando o Deus dele, que é o mesmo seu.
Quando o Trigueirinho fala em "gostar mais desse ou daquele, disso ou daquilo", não está se referindo ao discernimento, nem às nossas escolhas. Discernir e escolher é um direito de cada um, o que ele se refere é às paixões desenfreadas, fanatismos e preconceitos.
A melhor maneira de começar a desenvolver a glândula Timo e o Amor Incondicional é começar a exercitar o perdão e a gratidão a tudo e a todos do universo, mas principalmente a tudo e a todos que mais nos exasperam e nos incomodam. Eles é que são os nossos verdadeiros mestres. É como se dissessem: "Aprende a me amar e a ser bom comigo, mesmo que eu, aparentemente não te ame e não seja bom contigo!"
Isso é Amor Incondicional.
Já o amor por si mesmo é não permitir que ninguém te desrespeite nem te agrida. Se isso acontecer você pode até se afastar, se for possível, só não esqueça que essa pessoa, ou a falta de uma pessoa ou qualquer outra situação difícil, está cumprindo um papel na sua vida e você deve exercitar incansávemente o perdão e a gratidão em si mesmo, pois de alguma forma você atraiu essa situação para aprendizado. 
É difícl?... Claro que sim. É como tocar um instrumento musical, por isso mesmo precisamos exercitar muuito. É bem mais fácil amar quem é agradável e bonzinho para o nosso ego.
Um bom começo seria a prática diária do Ho´oponopono.

*Trigueirinho é um consagrado espiritualista, que mantém contato e recebe orientação de Seres Iluminados de outras dimensões.


Compartilhe!